Escolas públicas de Ilhéus terão simulado de prevenção contra incêndio e controle de pânico

Chamar a atenção da população sobre a necessidade de saber como agir em situações emergenciais é o objetivo do segundo simulado de prevenção contra incêndio e controle de pânico em escolas públicas de Ilhéus, a 465 km de Salvador, que será realizado no próximo mês de agosto. A ação, que integra o programa “Ministério Público e os objetivos do milênio: saúde e educação de qualidade para todos” foi definida na última segunda-feira em reunião presidida pela promotora de Justiça Karina Cherubini, com participação de parceiros que vão atuar no evento.
O simulado vai acontecer nas dependências da Escola Municipal Temístocles Andrade, situada no bairro Teotônio Vilela, que está sendo visitada hoje por representantes e instituições envolvidas. Será traçado um diagnóstico sobre a estrutura física do prédio para que depois seja elaborado o plano de simulação. No dia 2 de agosto, socorristas do grupamento de Bombeiro Militar vão treinar os alunos, professores, gestores e pessoal de apoio, passando noções básicas de como agir em situações semelhantes, estando prevista para o dia 9 de agosto o encaminhamento do diagnóstico ao MP.
O simulado vai acontecer às 15h do dia 23 de agosto e os alunos vão participar como vítimas de incêndio com ferimentos e escoriações; haverá apoio de psicólogos e assistentes sociais às “vítimas” e seus familiares; atores farão o papel de parentes dessas vítimas e, no local, além da movimentação das ambulâncias, serão montadas tendas para atendimento médico de urgência. Da reunião ocorrida na sede do MP, participaram representantes do Infraero, 5º Grupamento de Bombeiro Militar, 68ª e 70ª Companhias Independentes da Polícia Militar, Samu-192, Centro Estadual de Ensino Profissional (CEEP – antigo Colégio Estadual) e da Escola Themístocles Andrade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.