Imprimir Shortlink

Prorrogadas as inscrições do “I Prêmio Melhor Escola Pública do Ano”

Foram prorrogadas para até o próximo dia 20 as inscrições do “I Prêmio Melhor Escola Pública do Ano”, que vai premiar as melhores escolas públicas de cidades baianas que contam com o programa “O Ministério Público e os Objetivos do Milênio: Saúde e Educação de Qualidade para Todos”. O prazo se encerraria hoje, dia 6. A ficha de inscrição pode ser preenchida por meio do banner disponível no site oficial do Ministério Público do Estado da Bahia. Lá também estão disponibilizados o edital do certame e o ato de instituição da comissão julgadora.

Serão premiadas as três melhores escolas de cada um dos cinco grupos nos quais estão divididos os 60 municípios onde hoje atua o programa “O MP e os Objetivos do Milênio”. O prêmio tem por objetivo o reconhecimento das escolas públicas municipais e estaduais que desenvolveram as melhores estratégias de planejamento, intervenção e monitoramento para a conservação dos prédios escolares e aplicação mais eficiente das verbas públicas. A divulgação do resultado está prevista para o dia 7 de outubro, com publicação na sede e no site da Fundação Escola Superior do Ministério Público (Fesmip), que organiza o concurso com a colaboração da comissão julgadora. Já a cerimônia de premiação ocorrerá em outubro, em Ilhéus, entre os dias 23 e 26 do mesmo mês, durante o “I Congresso Integrador do Programa ‘O MP e os Objetivos do Milênio’. As escolas vencedoras ganharão material de infraestrutura e esportivo, como fogão industrial, armários de cozinha, bolas de futebol, vôlei e basquete, entre outros itens, todos destinados ao aperfeiçoamento da própria unidade escolar.

Idealizado pelo promotor de Justiça Clodoaldo Anunciação, “O MP e os Objetivos do Milênio” tem, entre os objetivos específicos, os de fiscalizar os estabelecimentos de saúde e de ensino municipais e estaduais, observando as condições estruturais, sanitárias e de prestação do serviço; e os de conscientizar a sociedade e os agentes públicos sobre a necessidade da aplicação correta de verbas públicas na educação e saúde. Com a iniciativa, o MP quer efetivar os direitos de cidadania de crianças, adolescentes e enfermos, contribuindo para a prestação de serviços públicos de qualidade nas duas áreas. No último dia 11, o programa foi o primeiro colocado no concurso “Prêmio Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP)” na categoria Defesa dos Direitos Fundamentais. Ele foi selecionado entre 414 inciativas inscritas por MPs de todo o País no Banco de Projetos do CNMP, onde são registradas práticas bem sucedidas.

3 Respostas

  1. Fabio Paulo da Silva

    Muito bom esse projeto.

  2. Lucinete souza silva

    é um otimo incentivo para nós professores , mas vim ter conhecimento de tal ação hoje,dia 17/o9/ 2013 restam apenas 3 dias para que seja organizado um projeto, tempo curto. Gostaria muito onde estou como diretora em uma escola municipal, pequena mas, que usamos o dinheiro do PDDE campo para arrumar a escola que estava totalmente estragada, as paredes danificada, e com contrapartida da prefeitura municipal , fizemos de um salão uma belissima escola. quando tiverem este tipo de projetos ou coisas parecidas mande pro meu email. agradeço.

  3. Henry Batista Bomfim Filho

    Bom Dia. Estamos felizes com o resultado do prêmio. Nossa escola ñ dispõem de nenhum dos prêmios ofertados pelo MP, exceto o fogão. Estamos felizes por essa sinalização q estamos no caminho certo. Vamos fazer mais, trabalhar com brio para sermos sempre merecedores do reconhecimento do trabalho q td a equipe desenvolve. Visando sempre o desenvolvimento da criança, respeitando as diversidades e superando as dificuldades. Obrigado.

Deixe uma Resposta